domingo, 9 de dezembro de 2012

Dona Amélia


a maturidade tem
a cor dos cabelos
de minha avó.

……..


A maturidade cala 
e quase sempre 
consente ou faz
que consente

maturidade é essa 
vaidade resignada
e terna que aceita  
e compreende. 

4 comentários:

Célia Rangel disse...

MATURIDADE, é SABEDORIA de quem tem "anos de estrada da vida"...
Bj. Célia.

Ana Lucia Franco disse...

Célia é sim, e vale muito percorrer essa estrada que se converte em maturidade e sabedoria.

Beijos.

Luiz Filho de Oliveira disse...

Ana Lúcia, quanta franqueza nesses seus "universos femininos". Bons poemas; se Lilaees, melhores ainda. A partir dagora, serei visita em seus universos. Até mais páginas.

Ana Lucia Franco disse...

Ô Luiz, e franqueza atrai franqueza. Eu gosto. Bem vindo.

abraços.